O império contra ataca

VOCÊ ACHA QUE A PROPAGANDA DE SEU BANCO É VERDADEIRA OU ENGANOSA?

Pesquisa recente do Instituto Empiricus fez a pergunta acima a 2524 pessoas físicas. 94,1% responderam “enganosa”.

Veja aqui o que você precisa fazer para evitar que seu banco continue destruindo seu patrimônio e seus projetos de vida para o futuro.

Para quem tem dívidas, contas não pagas, ou está sempre no zero a zero, chegou a hora de pensar o seguinte: porque você faz aquilo que faz? Ou seja, porque sua vida financeira não vai pra frente? Não venha com a conversinha de “ah, o Governo, a crise…”. Na verdade, parte enorme das dívidas que o brasileiro vem acumulando deve-se ao oligopólio bancário, à forma como o sistema financeiro controla e manipula a vida das pessoas.

“Tá falando do quê, Marcelo?”

Estou falando de juros abusivos, taxas indevidas, financiamentos fraudulentos, estratégias bilionárias para enganar pessoas, produtos bancários cheios de pegadinhas. E das suas consequências: escravidão financeira, leilão de imóveis, busca e apreensão de veículos, investimentos com baixa rentabilidade que corroem tudo que você suou pra conseguir…

E a perguntinha que não quer calar: porque todos nós aceitamos esse sistema? Porque não nos rebelamos contra o roubo institucionalizado?

Um conjunto de ideias que cada um de nós alimenta desde criança e que molda nosso destino financeiro.Tudo sustentado pelo poder dos comerciais de TV, propagandas nas mídias diversas, na internet.

Os bancos não gostam da equipe MSA, nem de mim, somos uma pedrinha no sapato deles. Sentem-se incomodados por nossas críticas contra o sistema bancário. Principalmente, quando algum trabalho nosso ganha grande repercussão de mídia e geram prejuízos a eles, beneficiando um cliente nosso. Sabemos que incomodamos muita gente, e gente importante.

Por outro lado, as pessoas físicas e jurídicas não gostam do serviço que recebem dos bancos. Percebem que estão sendo ludibriadas. Tanto na cobrança de juros abusivos, como no rendimento ridículo de seus produtos financeiros.Tudo para engordar os lucros das famílias mais ricas do país.

Saiba mais no canal “Marcelo Segredo” do Youtube, no vídeo COMO OS BANCOS DOMINAM SUA VIDA – Visão MSA.

Conhecerá os dois lados de uma mesma moeda, que controla nossos passos.

O Império Contra-Ataca

1.REORGANIZE SUA VIDA FINANCEIRA COM AJUDA ESPECIALIZADA.

Existe uma coisa chamada CLÍNICA FINANCEIRA. É uma atividade onde, numa ou duas sessões, pode-se ter acesso à solução-raiz estrutural de sua matriz financeira. Um consultor-fera te ajuda a identificar erros e visualizar os pontos-chave que devem ser mexidos. Livrar-se de dívidas é o primeiro objetivo. O segundo é conseguir gerar riqueza, acumular dinheiro, ter saúde financeira. Como se faz isso: análise de contratos bancários, faturas de cartão, extratos, e de um mapeamento simples onde se descobre por qual ralo seu dinheiro está indo embora. Vale a pena participar de uma sessão. Altamente recomendável, aliás, indispensável para quem acredita que merece mais da vida. Não é cursinho inútil, não é livrinho, não é consultorzinho bunda-mole que da entrevista em TV com informação errada para ajudar banco. É gente com experiência e garra, ajudando gente endividada e com vontade de sair do comodismo.

2.DEFENDA-SE CONTRA O MONOPÓLIO BANCÁRIO. USE SUAS ARMAS.

Prepare-se para a briga: a escravidão do sistema bancário baseia-se na ignorância de seus servos, na falta de informação dos clientes, na dominação do Poder Executivo e Judiciário no Brasil.

Os bancos cobram juros abusivos e extorsivos, enganam nas aplicações financeiras e geram uma relação de escravidão financeira sem precedentes no planeta. Faça as contas e descubra qual o valor real de suas dívidas. Milhares de clientes já acordaram para essa nova ordem das coisas e estão se movimentando. Nós da MSA estamos ajudando quem quer ir nessa direção, e realizamos o que for preciso para recuperar o dinheiro dos clientes. Com perícia financeira, conhecimento de qualidade e ferramentas simples.

Se eu fosse você, não deixava barato para os bancos. Mexa-se rápido contra eles.

Compartilhar